Esposa de vereador é baleada e morre durante assalto a sítio de Brejinho, no RN

Esposa de vereador é baleada e morre durante assalto a sítio de Brejinho, no RN

"Crime aconteceu na noite deste sábado (26). Francineide Nicolau dos Santos, de 36 anos, morava em Passagem e foi a propriedade com a família para receber um pagamento."

Postado em:28/08/2017 | por: Francisco Canindé | Fontes: G1 RN
Francineide Nicolau dos Santos foi morta durante assalto a sítio em Brejinho, RN. Na foto, ao lado do marido, Arlindo Francisco, vereador de Passagem (Foto: Arquivo pessoal)
Francineide Nicolau dos Santos foi morta durante assalto a sítio em Brejinho, RN.
Na foto, ao lado do marido, Arlindo Francisco, vereador de Passagem (Foto: Arquivo pessoal)

 

Uma mulher de 36 anos morreu após ser baleada durante um assalto a um sítio do município de Brejinho, na região Agreste potiguar. O caso aconteceu na noite deste sábado (26). Segundo a Polícia Militar, Francineide Nicolau dos Santos é esposa de um vereador de Passagem, que fica na mesma região.

O crime aconteceu por volta das 19h30. De acordo com o cabo José Roberto, da Polícia Militar no município, a família da vítima estava no alpendre da casa principal do sítio, distante cerca de cinco quilômetros da zona urbana. Eles foram receber um pagamento pelo fornecimento de mandioca para a casa de farinha da propriedade.

A pé, três homens saíram de um matagal anunciando o assalto, armados com revólveres e uma arma longa.

"O dono da casa entrou correndo e eles efetuaram três disparos. Um dos tiros atingiu ela, que estava ao lado", explicou o cabo. O marido dela, vereador Arlindo Francisco de Lima, e duas filhas do casal se jogaram no chão durante os disparos.

Os criminosos fizeram um arrastão, levando dinheiro, aparelhos de celular, um televisão, entre outros objetos. Após com a saída deles, o marido tentou socorrer a mulher ao hospital, mas ela não resistiu ao ferimento.

De acordo com a polícia, uma quadrilha está realizando diversos arrastões com as mesmas características na região. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

 

Comentários

Siga-nos

Publicidade